DIFUSÃO DA GNOSE DO VELHO AO NOVO MODELO

DIFUSÃO DA GNOSE DO VELHO AO NOVO MODELO   
                                                 (Maurício Silva – Home)

Os ramos atuais da gnose samaeliana - Atualmente a gnose se divide em quatro ramos principais: Samaelianos, Anti-Samaelianos, Pró-Restrepo, AntiRestrepo.

Denomina-se de samaelianos aqueles estudantes que estudam e praticam os conhecimentos gnósticos samelianos a Doutrina Gnóstica Samaeliana.

Denomina-se Doutrina Gnóstica Samaeliana aos prícipios gnósticos enuncidos pelo V.M. Samael, reaformados referendados pelo V.M. Rabolú.

Então estudante gnóstico samaeliano é todo aquele estudante que é obediente aos princípios samaelianos e raboluianos.

Quem é contra ao V.M. Samael é anti-samaeliano. Quem é contra ao V.M. Rabolú é anti-samaeliano também.

Denomina-se Pró-Restrepo ao estudantede gnose samaeliana que aceita a Revalorização dos Princípios Gnósticos da Doutrina Gnóstica Samaeliana.

Denomina-se de Anti-Restrpo ao estudante de gnose que é contra o V.M. Rabolú, contra o V.M. Samael e contra a revalorizaçao dos Príncípios Gnósticos Samaelianos.

Entre os Anti-Samael estão todos aqueles psudognósticos, das diversas ramificações gnósticas, que não praticam a Doutrina Gnóstica do Cristo de Aquário, que é s Doutrina da Via Direta.

Os antisamaelianos são aqueles estudantes de gnose que praticam uma doutrina gnóstica de perfil mercadológico, atrelada à: Julio Medina Vizcaíno; V.M. Lakhsmi; Oscar Uzcategui; Fernando Salazar Bañol; Hypatia Gomez, etc. e seus seguidores, que não se alinham à Doutrina da Via Reta e sim praticam uma gnose mercatilizada.

Os Anti-Rabololú são também, são por etapa, Anti-Samael. São aqueles desobedeceram ao V.M. Samael, não aceitando as suas determinações de passagem do comando do M.G.C. U para o V.M. Rabolú. E na sequência do

movimento não aceitaram as determinações saneadoras, depuradoras, corretivas, etc,. Colocadas no movimento pelo V.M. Rabolú.

Também se deve dizer que os Anti-Rabolú não entenderam a migração no modelo de difusão do conhecimento gnóstico, efetuada pelo V.M. Rabolú. Quando ele a passou do Velho Paradigma para a Nova Perspectiva da Nova Ordem. Este pessoal não aceita a difusão da gnose de modo algum, por enteder que o V.M. Rabolú a proibiu. Quando na relidade ele não proibiu a difusão da gnose e sim proibiu que pessoas despreparadas a difundisse.

Os Anti-Restrepo também são, por consequência Anti-Rabolú e Anti-Samael. São aqueles que não aceitam as ações de defesa e de revalorização dos Principos Esotéricos da Doutrina Samaeliana, da Doutrina da Via Direta, por motivos óbvios. Pois a revalorização da Doutrina Gnóstica a coloca no seu devido, a serviço do Caminho Direto, a serviço do Cristo, retirando-a do modelo que atende aos interesses dos mercantilistas, dos comerciários, etc.

A Revalorização dos Princípios Gnósticos do Missionário Restrepo incomoda muita gente. Principalmente aqueles que veem sendo dado valor, revalorizados aqueles princípios gnósticos que já estavam desvalorizados, estavam a serviço da Loja Negra.

Por outro lado a ação de revalorização da Doutrina Gnóstica dos pioneiros do M.G.C.U.R. apontara para a necessidade de se colocar em ação a Difusão da Gnose Samaeliana dentro da Nova Perspectiva consoante à Proposta Restrepo.

A partir da ação de Revalorização dos Princípos Esotéricos Gnósticos surgiu o advento da oposição entre as duas correntes: Anti-Restrepo e Pró-Restrepo. O ponto de referência para acentuação da divergência entre elas está na existência da Circular Nacional e Internacional, usada pelo V.M. Rabolú para desativar o MGCU na Nova Ordem, na Velha Perspectiva e a sua Indicação Contextual (onde ele indicou que quem quisesse continuar o labor deveria comprar o livro Hercólubus e sair predicando com ele), usada para ativar o MGCU na Nova Ordem, numa Nova Perspectiva.

A Circular Nacional e Internacional do V.M. Rabolú colocou Ponto Final na Difusão da Gnose, na Velha Perspectiva. A sua Indicação Contextual determinou o Ponto Seguinte. E a Proposta Restrepo promovel a transição da Difusão do Conheciemento Gnóstico Samaeliano, migrando-a do Ponto Final para o Ponto Seguinte.

A Circular de desativação do MGCU resultou também num instrumento de desativação da quase totalidade dos estudantes de gnose da Nova Ordem, na época.

A Circular Nacional e Internaciona foi um divisor de água que promoveu a divisão do pessoal da Nova Ordem em três grupos distantes: Dissidentes, Ficantes e Migrantes.

Dissidentes - Amaioria do contigente de estudantes de gnose da Nova Ordem, na época, após o advento da Circular de Desativação do MGCU, “caiu fora”, como dizem os jovens. Votou cada uma para a sua religião antiga, alguns fora para Maçonaria, Rosa Cruz, Teosofia, Ayahuaca,macaumba, etc. Ai foi feita uma seleção, de modo natural.

Ficantes - Neste epsódio uma pequena menoria, com nas prorrogativas da Circular Naciona e Internacional, permaneceu no aquartelada, inerte, se corroendo pela entropia, no interior da Nova Ordem Desativada.

Migrantes – Dentre os dissidentes da Nova Ordem emergiu um pequeno contigente que nem aderiu à outra denominação religiosa ou ordem espiritual e nem ficou aquartelada entre os inertes ficantes.

Os dissidentes não quiseram saber mais de gnose. Os ficantes permaneceram inertes ante ao ataque dos Magos Negros na ação de desvalorização dos Princípios Esotéricos Gnósticos, feitos tartarugas quando deparam com o perigo. Preferiram permanecerem na inercia se corroendo pela entropia do que se ariscar e ir à luta contra os agentes da desvalorização gnóstica.

Os migrantes mudaram da velha perspectiva para a nova perspectiva acercada difusão do conhecimento gnóstico. Eles mudaram do Ponto Final ao Ponto Seguinte da Difusão da Doutrina Gnóstica.

QUESTÔES PERTINENTES PARA REFLEXÃO

01. Pedro Zavallos - "yo fui miembro del MGCU DEL NUEVO ORDEN.... no existe eso como la gnosis revalorizada, el movimiento paso a otra octava superior...ahora la guia el maestro desde lo interno ud sabe lo que son las octavas de saturno?. “El Círculo de los Conocimiento Intimos está en intensa actividad y para pertenecer a él hay que “calificar” de acuerdo al trabajo realizado en el mundo físico. Son pláticas grupales, similar a los fogueos que fueron en lo físico su kínder, orientadas a saber lo que tenemos que hacer para lograr el despertar de la conciencia y poder desenvolvernos conscientemente para realizar un trabajo serio en la Gran Obra. En lo físico es un trabajo en solitario, sin membresía ni grupos de pertenencia, donde no dependemos de un líder que nos esté orientando acerca de lo que tenemos que hacer y tampoco adorándolo, ni mucho menos sirviéndole para que nos de sus enseñanzas.- No hay un horario que cumplir porque son las 24 horas del día y no hay un lugar para las prácticas porque es donde quiera que estemos. Se trata de resolvernos a adoptar de una vez a nuestro Real Ser y nuestra Madre Divina como conductores de nuestras acciones, como fuentes de conocimiento, de acompañamiento espiritual, es precisamente en la Esencia libre donde nuestro Ser ha depositado y residen todos los datos que necesitamos para nuestra autorrealización, es a la que debemos abrirle el paso, mediante la auto observación, para que se manifieste. La oración debe ser adoptada como medio de comunicación con las diferentes partes de nuestro Ser; sincera, dirigida conscientemente, sintiendo cada frase, desde una posición de humillación por nuestros pecados, por nuestro errores, por nuestra miseria interior, y no como sistema de para adquirir de nuestro Ser la satisfacción de nuestros caprichos, a lo que deseamos que se haga, a lo que queremos que se alivie, sino de someter nuestra petición al veredicto y la voluntad del Padre. Se desarrollan únicamente las prácticas del Desdoblamiento en Cuerpo Astral y la Muerte en Marcha como de objetivo principal y de altísima prioridad.- Como fundamento para realizar estas estas prácticas es la Concentración y para reforzar y profundizar el trabajo es la Meditación. Cada estudiante deberá esforzarse por ser parte de los grupos en los mundos internos, por lo que una vez logrado el Desdoblamiento consciente y positivo, investigará como se hace para pertenecer a estos grupos y se preocupará por llenar los requisitos por ellos exigidos”.

Meus comentários – Nós achamos muito bom este seu grupo e a sua metodologia de trabalho com a gnose nele. Nós não temos uma visão critica de sua metodologia de trabalho não. Torcemos para que o seu trabalho juntamente com os que o copartilham dele dê resultado positivo. Todas estas oriençãoes acerca de como marcharmos em frente já foram dadas pelo V.M. Rabolú. Não vemos nenhuma novidade ai neste ponto. Porém gostariamos de parabenizar você e todos que o praticam de fato.

Por outro lado, percebemos que o Senhor Possui uma visão crítica acerca da nossa metodologia de trabalho e da existência de nosso Grupo de Estudo.

Acerca da REVALORIZAÇÃO DOS PRINCÍPIOS GNÓSTICOS, que o Senhor Critica, percebemos que assim agem por não haver compreendido-a.

O Senhor não consegue entender que o Movimento é uma coisa e aquilo que ele movimenta e outra coisa completamente diferente. O M.G.C.U. é o movimento, é a organização criada para movimentar a Doutrina Gnóstica Samaeliana. M.G.C.U. O Universo deste todo é constituído por duas partes: Movimento e aquilo que é Movimentado. O Movimento é representado pelo M.G.C.U. e aquilo que é Movimentado é a Doutrina Gnóstica Samaeliana. Portanto este todo é composto da parte que movimenta (M.G.C.U.) e da parte que é movimentada (a Doutrina Gnóstica Saamaeliana).

A Revalorização feita por Restrepo e demais companheiros não incide o Movimento (M.G.C. U). Ela incide sim é sobre a coisa Movimentada (a Doutrina Gnóstica Samaeliana). Não se trata de Revalorização do M.G.C.U., como Senhor emtende. Trata-se de Revalorização dos Princípios Gnósticos da Doutrina Gnóstica Samaeliana.

A Revalorização não recaiu sobre o M.G.C. U e sim sobre Princípios Gnósticos bem definidos por nós e pelo nosso companheiro Missionário Jorge Vèlez Restrepo, no documento EXPLICANDO A REVALORIZAÇÃO, vide página https://movgcur.comunidades.net/explicando-a-revalorizacao-da-gnose-samaeliana.

Considerando as diferenças na visão do caminho, concluímos que não há razão para estarmos juntos, com sendo duas forças opostas, que cria uma terceira força prejudicial aos demais do grupo.

Desta forma não pudemos aceitar o seu pedido de adesão às nossas comunidades, levando em consideração o mencionado. Também pelo fato do Senhor apresentar-se por detrás uma máscara, sem a sua imagem real, como se fazem no baile das máscaras, dos mascarados da Loja Negra. Achamos assim que não há mais razão para o Senhor estar na comunidade de Vídeos Gnósticos, cujos vídeos basicamente são do Missionário Restrepo, se o Senhor diverge dele frontalmente.

Da mesma forma não há uma razão lógica que justifica aceitarmos os seus inscistentes pedidos por adesão às comunidades faceanas dos estudantes de gnose pertencentes ao M.G.C.U.R.

02. Pedro Zavallos - “ud saben que hay gente que dio la tarea del maestro.... las orientaciones que estamos entregando estan ditigidas desde lo interno....por lo que no deberian... complicar si ambas opiniones estan bajo las orientaciones correctas.... creo que esto se contradice con lo antes dicho por Don Jorge Velez Restrepo.. en el libro Gnosticos y Agnosticos....de todas formas ya le escribi a mi amigo Jorge Velez Restrepo que me explique esta situacion”).

Meu comentário - Bem desta turma da tarefa eu sei. Pois o próprio V.M. Rabolú informou a todos nós que houve estudantes que entregaram a tarefa, principalmente na parte do sul de nosso continente. Agora, destas orientações corretas que você fala, eu não sei não. A mim não foi passado nada neste sentido.

03. Pedro Zavallos - “Mauricio, lamentablemente Jorge Velez restrepo no es esoterista , en sus palabras da a entender que el maestro desencarno y no regreso , al llamarle la atencion me elimino de su facebook , lamentablemente deja a los traidores hablando contra el maestro , don jorge se quedo pegado en la historia en la horizontal , porque en lo interno no ha hecho nada, tome encuenta que no habla nada de lo interno, repite y repite la historia , pero algunas cosas no sabe el y yo mismo le envie cierto material.... don jorge esta errado y los que lo siguen tambien . la revalorizaciòn es algo mas que don jorge no conoce”.

Meu comentário - Bem, Senhor Pedro, você é Anti-Restrpo, diverge do Missionário Restrepo quanto à Doutrina Gnóstica Samaeliana, não aceita o M.G.C.U.R., não aceita a Revalorização dos Princípios Esotéricos da Doutrina Gnósticacomo. Entã, em meu entender, não há nenhuma razão lógica para que ele o tenha na sua página e vice-versa. Duas forças opostas, num mesmo grupo se compõem formando uma força resultante subtraida, que é prejudicial a todos. Então o Missionário Restrepo fez um bem para ele mesmo, para você também e para todos da sua página, no face, ao excluir você de lá.

04. Pedro Zavallos - ”JORGE ME ELIMINA y deja a los traidores , permite que escriban los traidores de la obra de los maestros ....1 · Ayer a las Mauricio Santo cristificado!!!! Busquelo en el mundo astral y me cuentan a ver que tan cristificado esta. Esta crapula estará alla por varias respiraciones Cosmicas por haber cometido dos de los delitos mas grandes. Robo y Teosidio. Ojala las personas q ahora m...Ver más Ayer a las Jorge Vélez Restrepo Jorge Vélez Restrepo Así hablaron siempre del Cristo los degenerados y lo siguen haciendo naturalmente. Cabe anotar q el mismo VM Ravolu esta procesado por leyes superiores, debido a que tomo como Bodhisattva un cuerpo q no estava preparado, y el Bodhisattva en verdad esta procesado de una manera terrible. Y valga la aclaracion, cuando Joaco cometio estos crímenes ya Ravolu no estava en el. Ayer a las Jorge Vélez Restrepo Jorge Vélez Restrepo Así hablaron del Cristo los degenerados y lo siguen haciendo naturalmente. · Señor Jorge Vélez Restrepo. Con todo respeto lo invito a que vaya por si mismo, sumersed y todos los gnosticos q puedan salir en astral y busquen donde esta Joaquin Amortegui Balbuena, y tambien vusquen donde esta el VM Ravolu. No hablo de lo que me cuentan, si no de lo que he experimentado y vivido.”.

Meu comentário – Esta ques tão da sua eliminação da página do Missíonário Jorge Vélez Restrepo já está respondida por mim, no comentário da questão anterior.    

05. Pedro Zavallos “ACLAREMOS UNA COSA , UD ME ESTA USANDO PARA ESCONDER LA TRAICION AL MAESTRO , LAMENTABLEMENTE DON JORGE VELEZ RESTREPO NO ES UN DESPIERTO , EL MISMO ESCRIBIO EN SU LIBRO GNOSTICOS Y AGNOSTICOS QUE DESPUES DEL CIERRE DEL MGCU DEL NUEVO ORDEN NO HABIA NADA MAS QUE HACER..http://www.pz2256.hol.es/GNOSTICOS_Y_AGNOSTICOS.pdf , ENTONCES EL MISMO SE CONTRADICE AL APOYAR LA GNOSIS REVALORIZADA , CON JUSTA RAZON JORGE VELEZ RESTREPO FUE EXPULSADO DEL MGCU DEL NUEVO ORDEN , YA EL MAESTRO RABOLU HABIA HABLADO DE ESE SEÑOR QUE UDS. ADMIRAN Y QUE CONTRADICE LAS ORDENES DEL V-M- RABOLÚ , ANTE LOS HECHOS TENEMOS QUE RENDIRNOS....https://www.youtube.com/watch?v=w_lNlu6cgq4”.

Meus comentários – Bem se ele não está desperto é você que está afirmando. Só sei que tenho um profundo respeito por ele, desde época Nova Ordem, quando entrei em contato com o livro “Do Ponto Final ao Ponto Seguinte”, levada ao ar graças a ele.

Acho que você não entendeu o contexto em que ele afirmou “QUE NÃO HAVIA MAIS NADA A FAZER DEPOIS DO FECHAMENTO DO MGCU”. Realmente não havia mais nada a fazer pela Difusão da Gnose, a partir daquela época, na Velha Perspectiva. Então ele não se contradisse, o que está faltando, em meu ver, é entendimento do leitor. Porque ele mesmo vai dizer que havia o que se fazer sim, dali para frente, na Nova Perspectiva.

A respeito da expulsão ele mesmo comentou no seu livro Gnosticos & Agnósticos e todos nós sabemos que ele não fora expulso coisa nenhuma. A expulsão dele não foi consumada, não foi acatada pelo V.M. Rabolú, como se pode ver nesta carta do próprio V.M. Rabolú de 1996 http://agsaw.com.br/carta01.pdf.

A prova disto é que o próprio V.M. Rabolú o autoriza a atuar na difusão do livro Hercólubus, conforme se pode ver na carta do V.M. Rabolú de 1999 http://agsaw.com.br/Carta%202-V.M.Rabol%C3%BA.pdf.

Acerca do tendencioso vídeo https://www.youtube.com/watch?v=w_lNlu6cgq4, em minha opinião, está ali uma visão parcial, distorcida de uma pessoa destituída de uma visão holística. De uma pessoa que concebe as coisas pela parte, não tem a visão do todo. Infelizmente é o que se pode dizer de uma pessoa Anti-Restrepo como esta. Que está revestida de tendenciosidade maligna, que tenta atingir o respeitável Missionário Jorge Restrepo de todos os modos, por motivos óbvios. Senão vejamos:

  1. a) O V.M. Rabolú nesta entrevista, como Maestro justo que é, é possuidor de uma visão holosótica, não julga a coisa pela parte e sim pelo todo. Deste modo o V.M. Rabolú nomeia três coisas positivas acerca do citado livro, que ele aprova. Da mesma forma ele cita somente coisas negativas, que ele desaprova. Matematicamente a gente tem uma proporção de 3/1. Se fosse num julgamento ele teria três atenuantes e somente uma agravante. Ele, com certeza, seria Pois tem um escore positivo a seu favor.

  2. b) O Missionário Restrepo não é um fanático do V.M. Rabolú, como coloca criminosamente o narrador do vídeo em questão. Ele é sim um defensor ferrenho do V.M. Samael e do V.M. Rabolú, que luta pela revalorização dos Princípios da Doutrina Samaeliana, ante a desvalorização desta imposta pelos fanáticos Anti-Samaelianos da Loja Negra.

  3. c) Nesta entrevista o V.M. Rabolú diz que em geral ele gosta muito do livro “Os Traidores do Cristo Triunfante”, gosta muito dos folhetos, das circulares e dos manifestos. Do mesmo modo ele disse que não gosta, em síntese, dos ataques o que o Missionário Restrepo faz a outras pessoas.  
  4. d) Já pensou caro leito se você tivesse cometido uma irregularidade e tivesse que ser julgado por este tendencioso locutor do vídeo em questão? Certamente seria condenado e jogado à fogueira, como na Santa Inquisição, sendo culpado ou não do delito.
06. Pedro Zavallos - “EL MAESTRO MANDO A TODO EL MUNDO A FASE A . UDS. HACEN ALUSION A LA CIRCULAR QUE ENVIE PERO NO LA MUESTRAN , NO DEJAN QUE CADA CUAL SAQUE SUS CONCLUSIONES http://www.pz2256.hol.es/circular9-7-1999.pdf EL MAESTRO DIJO QUE HARIA NUEVAS REFORMAS , EN CUAL DE ELLAS DICE QUE SE FORMARIA LA GNOSIS REVALORIZADA???? NO QUEDA MAS QUE DECIR , ... CIEGOS GUIANDO A CIEGOS....” http://bibioteca.hol.es/intructores.pdf.

Meu comentário - Só se pode revalorizar aquilo que fora desvalorizado. Nesta época o V.M. Rabolú ainda estava vivo, a frente do MGCU. A Doutrina Gnóstica estava ainda intacta, estava no seu devido lugar, possuía o seu real valor, possuía os requisitos necessários e suficientes para conduzir o discípulo pela Via Direta, em direção à liberação.

Em pouco tempo da morte do V.M. Rabolú a Doutrina Gnóstica fora demasiadamente desvalorizada, devido à velocidade espantosa da mídia internética, devido à ação dos magos negros e à inércia que reinou sobre os

estudantes de gnose da Nova Ordem, daquela época, que os conduziu à entropia evidente.  

Portanto, amigo não se preocupe, às ordens para engendrar ações de defesa e revalorização dos Princípios da Doutrina Samaeliana não partiram do V.M. Rabolú. Estas ações foram efetuadas por alguns estudantes de gnose Samaeliana em algumas partes do mundo.

Por um lado ouve negligência de estudantes de gnose diante da ação nefasta de avacalhação da gnose, imposta pelos Magos Negros de Plantão, evidenciada pela da inércia paralisante da imensa maioria do pessoal da Nova Ordem, que ficou estagnada frente ao inimigo desvalorizador de tudo isto. Por outro lado houve quem reagiu para revalorizar aquilo que fora desvalorizado: OS PRINCÍPIOS GNÓSTICOS DA DOUTRINA SAMAELIANA.

Entre estes soldados da reação estava o companheiro Restrepo, combate ferrenho do Exército de defesa e de revalorização da Sagrada Doutrina Gnóstica dos Veneráveis Mestres Samael e Rabolú.  

Este contingente de soldados revolucionários resolveu, por conta própria, correr o risco que havia entre avançar nas ações de defesa e revalorização da gnose, de contra atacar o inimigo e ficar ali parado, inerte, se deteriorando no interior dos centros e grupos de estudo da Nova Ordem como muitos fizeram.

Se houve desobediência em tudo isto, como alegam os Anti-Restrepos, é a Lei Divina que vai determinar, baseado no princípio de que uma Lei Superior lava sempre uma Lei Inferior.

07 - Pedro Zavallos - “se que tus aliados te han dejado no soy anti restrepo eso tu le quieres hacer crer”.

Meu Comentário – Se você, que não é Anti-Restrepo posta um vídeo deste https://www.youtube.com/watch?v=w_lNlu6cgq4 contra ele, imagina o que não faria então se fosse Anti-Restrepo. Este vídeo foi editado criminosamente, cujo editor só pode ser uma pessoa irresponsável, dotada de razões ilógicas. A começar pelo titulo que colocaram no vídeo: “RABOLÚ CONTRADIZ RESTREPO”. O V.M. Rabolú não contradiz Restrepo, ele apenas está apontando algumas coisas que ele gosta do livro do Restrepo e menciona uma coisa que ele não gosta.

08. Pedro Zavallos“jajjaja te quedaras solo , tus aliados te abandonan erees bueno para hablar bonito , pero no dices nada en realidade desde lo interno su revalorizacion no vale nada ya lo investigamos y el Maestro dice no conocerlos auds”.

Meu Comentário – Bem, se realmente estivéssemos ficando sozinhos, sendo abandonados, eu e o Restrepo, a quem você deve estar se referindo, seria maravilhoso. Isto denotaria que a gente estava realmente se iniciando. Porque todo iniciado de verdade vai ficando sozinho, vai sendo abandonado por todos. Mas não foi neste sentido que você quis dizer. O que você quis dizer, na

realidade, é que somos uns fracassados, que nossa revalorização não vale nada, que você a investigou nos mundos internos e que o V.M. Rabolú disse não nos conhecer.

Porém, ao bem da veracidade dos fatos, ou a sua investigação é falsa ou o V.M. Rabolú mentiu para você. Como o V.M. Rabolú não mente. Então esta sua investigação, bem como todas as demais que você diz fazer, não é confiável. Pois veja bem o V.M. Rabolú conhece o Missionário Restrepo mais que todos nós juntos, desde tempos imemoriais. E também o V.M. Rabolú conhece a minha pobre pessoa sim, desde quando inicie com ele, nos Mundos Internos, o processo de qualificação, lá pelos anos 90. Disto eu dou fé, conforme posso demonstrar nestas cartas que o próprio V.M. Rabolú me enviou, vide página http://agsaw.com.br/cartas.pdf.